Veracidade de dados no registro de ponto:

Quando falamos sobre o registro de ponto, logo pensamos nos clássicos relógios de ponto cartográfico, que, em 1888 quando foi inventado, foi uma grande revolução. Contudo, quando pensamos no seu funcionamento, sabemos como está sujeito a fraudes.

Com o passar dos anos, a necessidade de modelos ainda mais modernos e seguros de ponto moveu a sociedade para a criação de pontos eletrônicos, e é sobre ele que iremos falar, mais especificamente, do relógio biométrico com leitora.

O uso da biometria está cada vez mais comum, para acessar os ambientes, para desbloquear a tela dos smartphones, para sacar o dinheiro no banco quando esquecemos o nosso cartão e, também, para bater o ponto.

Com a leitura da impressão digital no registro do ponto, além de dinamizar e agilizar o processo de registro da jornada dos funcionários, muito mais segurança e veracidade nos dados que foram armazenados são proporcionadas.

Com eles, somente o próprio colaborador poderá realizar o seu registro de ponto, evitando, também, problemas com perdas e esquecimento de cartões de ponto que causam inúmeros transtornos para os profissionais do setor de Recursos Humanos.

Esse modelo de registro atende aos requisitos da legislação, contudo, o aparelho deve ser homologado pelo INMETRO para a certificação de que cumpre com os requisitos da Portaria 1510 e os dados registrados possuírem valor legal.

Por fim, quando aliados a um bom software de ponto eletrônico, promove muito mais facilidade para a elaboração das folhas de pagamento: no momento em que o colaborador bate o seu ponto, o sistema consegue identificar atrasos, horas extras ou faltas do funcionário. 

Postagem criada em: 29/07/2021 - 16:53


Sobre a categoria dessa página Soluções: Conheça um pouco mais sobre as soluções oferecidas por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.