A Água para o uso industrial

Primeiramente, é importante destacar que, nem sempre uma água considerada potável para consumo humano e animal pode servir para fins industriais.

Da mesma forma, para o uso em caldeiras, os limites tolerados para certas substâncias químicas encontradas na água são bem mais baixos que os admitidos pelo padrão de potabilidade. Ao pensarmos em utilizar determinada água, precisamos antes de mais nada, analisá-la para verificar se ela preenche os requisitos necessários para a finalidade a que temos em vista.

Por sua vez, a água industrial deve apresentar baixo grau de dureza, turbidez, cor, sais dissolvidos, sílica, ferro, manganês e outros compostos responsáveis pela corrosão ou incrustação nos equipamentos.

A água utilizada no processo de fabricação do alimento e na limpeza e higienização dos equipamentos e utensílios deverá atender também os parâmetros bacteriológicos em todos os aspectos exigidos. Por isso, é obrigatório para indústrias de alimentos que a água seja submetida à cloração, como fator de segurança em relação à possibilidade de transmissão de agentes biológicos.

Diante de todos esses fatores, a recomendação é que se pesquise a fundo por empresas especializadas neste ramo e escolha a que oferecer o suporte completo a sua necessidade, de forma eficiente e completa. Além disso, estabeleça uma relação de transparência e comprometimento para que todos os prazos estipulados sejam cumpridos a risca. Analise também se a empresa escolhida para parceria, cumpre todas as normas regulamentadoras exigíveis para garantir a segurança dos clientes e colaboradores. Por fim, verifique o custo benefício, pois, nem sempre pagar mais caro é sinônimo de qualidade. 

Postagem criada em: 19/08/2021 - 20:30


Sobre a categoria dessa página Soluções: Conheça um pouco mais sobre as soluções oferecidas por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.