END para a detecção de aberturas nas superfícies

Sabemos bem como as manutenções são importantes nos ambientes industriais por proporcionarem maior segurança e confiabilidade para o desenvolvimento das atividades no local, assegurando o pleno funcionamento dos equipamentos e oferecendo condições mais adequadas de trabalho para os colaboradores.

Por este motivo, hoje resolvemos falar um pouco mais sobre um método de ensaio não destrutivo muito eficiente quando o assunto é a detecção de aberturas nas superfícies das peças, garantindo que seja possível elaborar laudos bastante precisos sobre as descontinuidades presentes em maquinários e estruturas.

ensaio de líquido penetrante é um tipo de ensaio que consiste na aplicação de um líquido específico sobre as peças para que ele possa tornar visível as descontinuidades presentes nas peças, seja por impactos ou por desgaste em virtude do tempo de uso.

Esse ensaio é muito eficiente e garante ótimos resultados quando manuseados por profissionais especializados, podendo ser largamente utilizado em materiais ferrosos e não ferrosos para a detecção das descontinuidades e aberturas nas superfícies estudadas.

O líquido utilizado nesse método de ensaio é uma solução química a base óleo com corante, que pode ser tanto visível de forma simples quanto fluorescente para destacar as aberturas das superfícies e garantir o planejamento de um reparo completo nas peças.

A realização desse método é bastante rápida, normalmente com um tempo de 5 a 15 minutos para a penetração do líquido nas peças para o estudo e mapeamento das descontinuidades.

Por fim, vale destacar que esse método é rápido, econômico e eficiente de inspeção, garantindo que um grande volume de peças possam ser estudadas de forma competente para trazer ainda mais segurança para o ambiente industrial.

Postagem criada em: 22/04/2022 - 16:50


Sobre a categoria dessa página Soluções: Conheça um pouco mais sobre as soluções oferecidas por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.