Escolha o material CPVC para válvulas

Componentes de alta qualidade são essenciais para a operação confiável e eficiente dos sistemas de tubulação. É por isso que a válvula esfera CPVC é muito utlizada e eficiente, seja na indústria de processos químicos, microeletrônica ou tratamento de água, oferecendo uma variedade de aplicações, já que é uma válvula de corte simples e operada manualmente a uma válvula de esfera totalmente automatizada.

Mas vamos entender melhor o material CPVC. Pois bem, é realizado com base em determinadas particularidades do sistema. Entre as características que devem ser analisadas estão a pressão, vazão, temperatura, os pontos de atendimento, a distribuição dos ramais e sub-ramais da rede, o tipo de fluído que será conduzido, entre outras.

Fabricados a partir do policloreto de vinila clorado, o CPVC possui alta resistência, pois, a sua composição química é semelhante à do PVC, mas com a adição de cloro na fórmula, tornando o material mais resistente e maleável.

Por sua vez, a instalação do CPVC é feita a partir de uma cola para unir as tubulações e conexões.

Passo 01 – Cortar a tubulação no tamanho necessário, limpar as rebarbas e as conexões;

Passo 02 – Passar a cola na extremidade do tubo e no bocal da conexão;

Passo 03 – Juntar as duas peças, dando um quarto de volta e segurar por 30 segundos.

É importante frisa que, não interferir na junta nos primeiros 15 minutos, aguardar 8 horas para passar água e 24 horas para fazer o teste de estanqueidade. Por isso, consulte profissionais qualificados para fornecer o atendimento personalizado e soluções completas a sua necessidade.

Postagem criada em: 09/08/2021 - 15:14


Sobre a categoria dessa página Soluções: Conheça um pouco mais sobre as soluções oferecidas por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.