Obtenha uma válvula de alta perfomance

Primeiramente, é importante ressaltar que a  válvula borboleta pode ser classificada por diversos parâmetros, entre eles:

  •          Desenho: concêntrico, excêntrico e bi excêntrico
  •          Material de construção: de aço carbono a titânio
  •          Vedações: com vedação macia ou metal x metal
  •          Conexões de montagem: wafer, lug, flangeada, soldada, entre outros.

De forma resumida, ela nada mais é que uma válvula de bloqueio de fluidos com uma construção relativamente simples. Na posição fechada, o disco bloqueia a passagem de fluido e com um quarto de volta esse disco é girado permitindo a passagem do fluido, permitindo uma abertura e fechamento rápida do sistema.

Vale ressaltar que, ela é a válvula mais utilizada para abertura e fechamento de fluidos em aplicações industriais. Em seu funcionamento, o disco fica no meio da passagem, mesmo quando totalmente aberta, por isso o fluxo é um pouco reduzido.

Um dos componentes chave de uma válvula borboleta é o seu disco de fechamento, que é basicamente um anel metálico que fica conectado a um atuador externo por um eixo. Além disso, um giro de 90 graus é necessário para abrir e fechar a válvula, que podem abrir tão rapidamente como uma válvula de esfera.

Diante de todos esses fatores, se faz necessário pesquisar a fundo entre as empresas especializadas e escolher profissionais qualificados para não somente atender a sua necessidade, mas também, superar todas as suas expectativas. Por isso, verifique se a empresa escolhida segue todos os protocolos exigíveis para garantir a segurança tanto dos colaboradores, quanto dos clientes, de forma eficiente.

Postagem criada em: 09/08/2021 - 15:05


Sobre a categoria dessa página Soluções: Conheça um pouco mais sobre as soluções oferecidas por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.