O tratamento de água caldeira é um procedimento fundamental, tendo em vista que a água é um insumo amplamente utilizado e necessário em caldeiras, principalmente para evitar danos e falhas que podem comprometer a eficiência térmica e operacional desse tipo de equipamento.

Com o devido tratamento, o impacto a eficiência energética como um todo, melhora a operação e torna o processo de geração de vapor muito mais seguro.

Em suma, uma das operações mais comuns que ocorrem em processos industriais é a geração de vapor. Esse vapor, gerado pelas caldeiras, é usado em variados processos. Lembrando que, a qualidade do vapor nessas operações é sempre fundamental.

Pois bem, para uma geração de vapor de melhor qualidade, há a exigência de que a qualidade da água utilizada para seja a melhor possível, pois, este processo de tratamento envolve várias etapas que visam como maior prioridade melhor gerenciamento de contaminantes que ingressam em uma caldeira.

Os  contaminantes que podem trazer problemas para uma caldeira são divididos em três classes:

  •          Sólidos suspensos – Materiais que causam turbidez e cor na água;
  •          Sólidos dissolvidos – Não são vistos a olho nu, mas estão presentes na água;
  •          Gases dissolvidos.

 Vale salientar que, caldeiras de baixa pressão e temperatura, por exemplo, apresentam fluxo térmico menor, isso permite que algum nível de contaminação seja permitido, sem exceder um certo limite, como determinado, por exemplo, em tabelas ASME ou outras referências técnicas conhecidas.

Diante de todos esses fatores, consulte profissionais qualificados para fornecer o suporte ideal a sua necessidade, de forma eficiente e mais rápida.

Postagem criada em: 25/08/2021 - 09:01


Sobre a categoria dessa página Soluções: Conheça um pouco mais sobre as soluções oferecidas por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.