Saiba como funciona a central para ar comprimido

Presente praticamente em todo o setor industrial, a rede de ar comprimido tem uma  importância no tratamento do ar em uma rede de ar comprimido, pois, está diretamente  ligada à qualidade do ar que é distribuído pela rede, sendo que, quanto mais puro for ele resultará em ferramentas e máquinas com desgaste bem menor. Assim, por conseqüência garante maior duração da vida útil do patrimônio, bem como maior qualidade no produto resultante.

Durante o processo de montagem de sistema de ar comprimido, será necessária a escolha da tubulação, bem como suas conexões, para a condução do ar, desde a sua geração até o ponto de uso.  Portanto antes que seja feita a escolha será interessante conhecer os tipos de rede de ar comprimido. Sendo eles: aço inox, alumínio, cobre, plástico e aços sem costura, entre outros. Vale ressaltar que, a utilização dependerá das características exigidas e coerentes para cada tipo de aplicação.

O sistema de ar comprimido é composto por:

  •          Depósitos de ar comprimido; e
  •          Filtragem do ar comprimido.

No entanto, para que uma rede como esta seja eficaz, a distribuição do ar deve ser realizada evitando qualquer fuga. Diante de todos esses fatores, se faz necessário encontrar empresas especializadas no assunto e verificar se a mesma segue todos os protocolos de segurança, bem como, estabelecer uma relação de transparência e comprometimento para que todos os prazos estipulados sejam cumpridos a risca. A indicação é que, verifique os valores apresentados pela empresa, pois, nem sempre pagar mais caro é sinônimo de qualidade.

Postagem criada em: 30/07/2021 - 13:29


Sobre a categoria dessa página Soluções: Conheça um pouco mais sobre as soluções oferecidas por empresas de diversos segmentos, qualidade no atendimento e na prestação do serviços.