Tudo sobre o enclausuramento de máquinas

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, entre os anos de 2012 e 2018 houveram mais de 528.473 casos de acidente de trabalho envolvendo máquinas. Este observatório é uma ferramenta criada pelo MPT (Ministério Público do Trabalho) em parceria com a Organização Internacional do Trabalho, que reúne informações de bancos de dados oficiais do governo.

Entre esses 528.473 casos, houveram 25.790 amputações ou enucleações dos operadores e 2.058 mortes acidentárias notificadas, resultando em mais de 14 milhões de dias de trabalho perdidos pelo afastamento dos funcionários. Por este motivo, possuir bons meios de proteção de equipamentos NR12 é fundamental para minimizar os riscos de acidentes de trabalho.

E é sobre um desses meios de proteção que viemos falar: o enclausuramento de máquinas. Este enclausuramento nada mais é do que uma proteção feita de maneira mecânica, como as chapas de policarbonato, que evita o contato direto dos colaboradores com determinadas partes das máquinas e equipamentos durante sua operação.

Dessa maneira, situações simples que poderiam causar um grande acidente, como enroscar o uniforme na máquina, ser atingido por uma peça externa ou prender as mãos no equipamento, são evitadas de maneira muito mais eficiente.

Por fim, o enclausuramento das máquinas pode ser considerado um Equipamento de Proteção Coletiva e atende estritamente todos os padrões e requisitos de segurança no trabalho em máquinas e equipamentos previstos na Norma Regulamentadora NR-12. Além disso, o enclausuramento apresenta uma enorme vantagem: o isolamento acústico, diminuindo os ruídos na qual os colaboradores costumam ficar expostos, sendo um excelente investimento.

Postagem criada em: 08/12/2021 - 10:41


Sobre a categoria dessa página Engenharia: Bem vindo ao At 24 horas, nosso objetivo consiste em oferecer o melhor conteúdo sobre diversos temas, saiba mais sobre empresas de Engenharia.