Quando fazer a manutenção em caldeiras?

As caldeiras são utilizadas de maneira ampla em máquinas térmicas, desinfecção de peças e produtos, aquecimento por vapor ou mesmo em processos alimentícios, empresas de produção e indústrias trabalham com um ou mais equipamentos, é de suma importância que estejam sempre em plenas condições de uso para que não oferecem riscos aos operadores.

Dessa maneira, resolvemos falar um pouco mais sobre como investir em uma boa inspeção de integridade em caldeiras pode garantir muito mais segurança para o ambiente industrial de trabalho e, ainda, evitar multas e demais penalidades por parte dos órgãos governamentais, oferecendo maior equilíbrio financeiro para a indústria.

Afinal, por que investir na inspeção das caldeiras? Essa inspeção serve para apontar se há problemas técnicos ou de qualquer outra ordem de funcionamento que possa prejudicar a produção industrial ou comprometer a saúde e integridade física dos trabalhadores que operam esses equipamentos.

Por trabalharem com altas temperaturas, as caldeiras devem passar por uma série de ajustes e, quando terminados, devem repassar sob um sistema de testes para que sejam reincorporadas ao sistema. Assim, a sua indústria se manterá de acordo com os requisitos previstos por lei e evitará demais penalidades.

Por fim, essas inspeções devem acontecer de maneira periódica, sendo entre doze meses para caldeiras de categoria A e B e quinze meses para caldeiras de recuperação de álcalis. No caso das indústrias que possuem o SPIE, esse período é de vinte e quatro meses para caldeiras de recuperação de álcalis e caldeiras de categoria B e trinta meses para caldeiras de categoria A.

Postagem criada em: 06/12/2021 - 11:59


Sobre a categoria dessa página Engenharia: Bem vindo ao At 24 horas, nosso objetivo consiste em oferecer o melhor conteúdo sobre diversos temas, saiba mais sobre empresas de Engenharia.